Seu ERP está preparado para a LGPD

A LGPD trata da coleta, armazenamento e do tratamento dos dados pessoais dos consumidores, dos fornecedores e dos colaboradores da empresa. A lei visa proteger estas informações. Assim, utilizar um sistema de gestão integrado é essencial para se adequar à nova legislação.

Seu ERP está pronto para atender os requisitos?

Os sistemas ERP necessitam guardar dados pessoais, como nome, endereços, e-mails  etc., de fornecedores, clientes e colaboradores. 

O ERP terá que desenvolver mecanismos para conseguir o consentimento das pessoas, além de permitir que elas tenham acesso às informações que forneceram e que as apaguem quando quiserem. Por isso, é importante criar protocolos integrados para solicitar os dados, informando como será o seu uso e pedindo permissão para tanto.



Muitos serão os impactos da LGPD nas empresas, o que resultará no aumento dos controles e uma nova forma de disponibilizar os dados armazenados, para garantir que  não ocorra o vazamento do que está sendo acessado pelos seus funcionários.

Nesse caso, devem ser definidos os responsáveis para ter acesso a esses dados. Estabelecer filtros para  garantir que apenas pessoas autorizadas consigam consultá-los e controlar a exportação destes dados.

A integração com sistemas externos, exemplo e-commerce também devem ser tratados de tal forma que seja garantido o sigilo das informações adicionais como cartão de crédito etc.  

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 

+55(11) 94775-7533

Comentários