quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Análise de Rentabilidade

Como anda a rentabilidade dos seus produtos?

Conferir como anda a rentabilidade do seu produto faz parte das suas rotinas.
Verifique se o seu ERP tem está funcionalidade pois pode estar comercializando um produto que não está proporcionando uma margem de lucro satisfatória ou até com prejuízo.

Identifique também qual a participação do seu produto na receita das suas Vendas.
Lembre-se os ERP não são mera ferramentas transacionais. Eles podem e devem fornecer um visão para sua tomada de decisão.

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533



quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Gestão Financeira no ERP


A administração financeira é uma ferramenta ou técnica utilizada para controlar da forma mais eficaz possível, no que diz respeito à concessão de credito para clientes, planejamento, analise de investimentos e, visando sempre o desenvolvimento, evitando gastos desnecessários, desperdícios, observando os melhores “caminhos” para a condução financeira da empresa.


Tal área administrativa pode ser considerada como o “sangue” ou o combustível da empresa que possibilita o funcionamento de forma correta, sistêmica e sinérgica, passando o “oxigênio” ou vida para os outros setores, o controle eficaz da entrada e saída de recursos financeiros, permitindo a estabilização e o crescimento.
Os ERP tem proporcionado ferramentas para atingir as metas da empresa. Cada vez mais oferecem informações online da situação do Fluxo de Caixa sendo possível simulações mensais.
Os DASHBOARDS são a grande bola da vez dos ERP(s) que proporcionam em uma única tela a posição Financeira consolidada.
Confira e teste pelo  link  está versão 100% WEB.


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Como foi seu Planejamento Financeiro?


É possível aplicar e melhorar seus resultados financeiros em sua empresa?


Seu ERP pode ajudá-lo nesta tarefa.

A maioria dos ERP(s) oferece a funcionalidade "PREVISÃO X FLUXO DE CAIXA"  que deve permitir esta simulação.



Identifique está opção no módulo de Finanças, simule todas as previsões e confira cada tipo de despesa. Com esta ferramenta, será possível identificar algum ponto que precisa ser revisto para que consiga alcançar sua meta.



Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Gestão da Produção

PCP (Planejamento e Controle da Produção) necessita ter as informações consolidadas para ter bons resultados. Por meio do planejamento, controle e programação dos processos produtivos a empresa consegue garantir mais qualidade e produtividade.
Além disso, é possível reduzir os custos operacionais.

Por isto é importante que seu ERP tenha ferramenta e que facilitam e focam em três pilares:
  • Planejamento – determina quais produtos serão produzidos e quando.
  • Programação – define os recursos que serão utilizados desde o início até o término do fluxo de produção.
  • Controle – realização de um monitoramento para corrigir possíveis desvios e falhas identificados.


No entanto, além desses pilares, outras questões devem ser verificadas, como:
  • A quantidade de produtos a ser produzida.
  • As etapas que compõem o processo de manufatura.
  • E os componentes que serão consumidos e controlados pelo PCP.
Com essas delimitações, a empresa pode planejar, programar e controlar melhor o processo de produção, revisando sempre os objetivos estabelecidos e evitando que ocorram desvios.

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533


domingo, 1 de setembro de 2019

Reposição dos Estoques

Para empresas que não utilizam o MRP, repor seus estoques de uma maneira rápida e ágil sem onerar seus custos de estocagem ou comprometer seu fluxo de caixa, vai requer do seu PCM o uso de 2 ferramentas que devem ser oferecidas pelo seu ERP.

1) Ponto de Pedido:
O ponto de pedido é importante para empresas de distribuição pois irá manter seu estoque mínimo para que nunca falte produtos para uma venda imediata. Defina um estoque mínimo onde seu ERP irá avisa-lo quando atingir este limite;
2) Giro do Estoque:
Através da análise do seu giro do estoque ,planeje sua reposição tendo como base o mês anterior ou um determinado período. Já existem ferramentas que projetam o consumo por um determinado tempo.


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533


quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Gestão de Vendas

Conquistar novos Clientes é importante, mas manter sua atual carteira, pode garantir bons resultados imediatos.


> Seu ERP oferece aos seus Representantes ferramentas para facilitar o FUP dos pedidos e monitorar o Cliente?
> Seu ERP tem Painel do Gestor  tudo em uma única tela que para facilitar o seu dia a dia?.
> Seu ERP fornece ferramentas para acompanhar sua Força de Vendas?

Identifique um ERP que tenha funcionalidades nativas para responder prontamente todas estas questões, pois seus resultados podem estar comprometidos por falta deles.

utilize o link e teste uma opção 100% WEB e faça sua avaliação



Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533


terça-feira, 16 de julho de 2019

Os 4 principais benefícios dos Dashboards executivos

Os Dashboards executivos estão conectados com os sistemas de gestão que sua empresa utiliza. Eles puxam informações previamente selecionadas para o Dashboard, para que você Gestor, não precise fazer login em vários sistemas


1) Visão do todo: Você sabe exatamente o que está acontecendo em todos os aspectos do seu negócio. Isso facilita sua gestão;
2) Economia de tempo: muitos gestores passam inúmeras horas acessando diversos sistemas de gestão diferentes e extraindo diferentes relatórios em cada um deles. O Dashboard, irá mostrar os resultados mais recentes de cada sistema que você precisa. Isso economiza preciosas horas do seu dia a dia;
3) Comparativos planejado X realizado: Dashboard permite ao gestor que acompanhe o “desenrolar” desse plano, mostrando as metas e as comparando com o que já foi atingido, tudo isso em tempo real, permitindo assim que você intervenha quando necessário, sem desperdício de seu tempo e de sua equipe;

4) Melhorias contínuas: Os Dashboards permitem que você mensure seu desempenho em toda a sua organização e, assim, busque melhorar cada aspecto dela.
Quando os colaboradores sabem que seu desempenho está sendo julgado e podem acompanhar eles mesmos esses resultados, eles passam a buscar uma auto melhoria, sem a necessidade de intervenção de seu gestor.
Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

segunda-feira, 1 de julho de 2019

ERP 100% WEB - Facilidades e eficiência



Para administrar quaisquer processos de sua empresa em poucos cliques, bastando para isso a conexão com a internet – seja por recursos móveis ou pelo PC, em qualquer parte do planeta. Desta forma, são recursos estratégicos para a sua tomada de decisão.

Neste sentido, as soluções 100% WEB, em relação aos sistemas ERP desktop, são mais eficientes e dinâmicas e conseguem atingir ambas as características citadas. Imagine gerenciar os seus processos de qualquer lugar e ampliar ainda mais o conhecimento sobre o seu negócio onde estiver – seja por smartphone, tablet ou PC, bastando para isso ter uma conexão mínima de internet? Decisões e atitudes agora não precisarão ser determinadas apenas quando você estiver na sua empresa.

Investir em um sistema 100% WEB é ter em mãos mais segurança de dados, mais eficiência e dinamismo. 



Em geral, os sistemas ERP 100% WEB são muito mais baratos e dispõem de muitos recursos em relação a versão desktop. Não possui a necessidade de instalações diferenciadas e você pode adquirir apenas os módulos e licenças que precisar, conforme o crescimento do seu negócio. A atualização é muito mais dinâmica e menos dispendiosa que a versão desktop. A instalação do ERP 100% WEB é bem mais prática, além de seu layout ser muito mais intuitivo, flexível e moderno. Esta modalidade atende a todos os tipos de empresas – dos empreendedores individuais às indústrias de médio e grande portes.


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

quarta-feira, 1 de maio de 2019

Cuidados que devem ser tomados na escolha de um ERP?

Tão importante quanto adotar um ERP é identificar o software certo para sua empresa.
A escolha errada pode trazer muitas horas de retrabalho e possíveis paradas em algumas atividades importantes, exemplo: Faturamento.

Segue alguns pontos que devem ser observados para inicio dos trabalhos: 
1)Relacione todos os OBJETIVOS que justifiquem a adotar uma ferramenta de Gestão Integrada.

2)Identifique as  NECESSIDADES  DE CADA ÁREA ENVOLVIDA, elas que determinarão o tamanho e valor da ferramenta. Lembre-se que o investimento se justifica na medida em que sua utilização é feita por todos os envolvidos.
3)A implantação de um projeto ERP engloba a orientação quanto aos requisitos mínimos de HARDWARE, a INSTALAÇÃO do software ,  a CONFIGURAÇÃO do sistema bem como o SUPORTE.
4)O TEMPO DE IMPLANTAÇÃO é importante também, objetivo e necessidades da empresa, se renovam a cada ciclo do mercado. O que é necessário hoje pode não ter a mesma importância em outro tipo de cenário. tempo médio é de 6 a 24 meses.

5)A estratégia DE QUEM IRÁ IMPLANTAR as rotinas, qual o TREINAMENTO a ser aplicado será fundamental, bem como o desempenho dos escolhidos; 
6)Outro fator importante é verificar se o SISTEMA RECEBERÁ ATUALIZAÇÕES legais e mudanças tecnológicas.

Segue material detalhado para uma implantação sem traumas : - ebook-10-dicas

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

sábado, 13 de abril de 2019

O seu ERP oferece Dashboards ?

Um Dashboard demonstra em um único lugar, de maneira fácil e intuitiva, informações críticas necessárias para gerenciar uma organização.

Alguns Dashboards são organizados de maneira mais gráfica, outros possuem dados e tabelas, e outros têm seu foco em indicadores de status.

Geralmente um Dashboard exibe:

1. Uma visão geral da sua empresa.
Um Dashboard auxilia você a compreender os itens críticos que farão a diferença em sua organização. O mesmo se aplica para um banco ou uma indústria. Cada área está “competindo” por recursos escassos, e por isso é importante ter em mãos uma visão geral das prioridades da empresa.
2. Informações que ajudam a manter o foco. 
Cada área ou divisão é responsável por gerenciar suas próprias informações. Através de um DASHBOARD, você mantém sua organização constantemente atualizada sem perder o foco em outras prioridades.
3. Informações-chave de vários módulos do seu software.
Muitas empresas possuem um software para controle financeiro, um para relacionamento com clientes, um para vendas, etc. Essas aplicações são para a empresa uma plataforma detalhada para cada função específica, mas ainda é imperativo que se tenha um único lugar para se acessar informações-chave sobre seu negócio. E é aí que um dashboard é útil!;

Junte seus pares e defina seus indicadores e monte seu DASHBOARD e comece a colher os frutos desta ferramenta.
Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Como ERP pode melhorar o desempenho de uma empresa?

Para se entender como melhorar o processos da minha empresa é fundamental conhecer o funcionamento de um sistema ERP .

Podemos resumir como sendo um grande banco de dados com informações que interagem entre si criando assim um vínculo e um ciclo de funcionamento, e quando algum dado novo é inserido nesse sistema automaticamente todas as informações de cada setor ou departamento são atualizadas.

Se a sua empresa ainda gasta horas em processos de entradas de informações repetitivas, utiliza varias planilhas para oferecer ao corpo diretivo as informações básicas para a tomada de decisão,




Um exemplo simples e básico desses tipos de processo seria uma rotina do departamento de vendas. Na hora que é finalizada a venda e é emitida a nota fiscal o setor de estoque já é informado na hora pelo sistema e o mesmo já prepara o material para ser despachado, isso tudo sem que os departamentos percam horas avisando um ao outro que determinada mudança ocorreu.

Outra vantagem é que a troca de documentos e trânsito de papeis que rodam pela empresa é praticamente nulo, isso por que todas as informações estão na tela do sistema que passa as informações em tempo real ao usuário.

adote um ERP e traga a sua empresa para um novo patamar, acelere seus processos e agilize sua rotina de decisão.


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

sexta-feira, 1 de março de 2019

Quais são as vantagens do ERP?


1- A grande vantagem é a maior confiabilidade de dados, ao monitorar as operações da empresa.
2- As informações trafegam pelos módulos em tempo real, ou seja, um pedido dispara o processo de fabricação com o envio da informação para múltiplas bases, do estoque de insumos ao faturamento.
3- O ERP facilita a racionalizar a produção, reduzir custo e melhora o serviço ao cliente.

4- O ERP é capaz de se adequar ao ramo e ao modelo de gestão da empresa.
5- A implantação de um sistema ERP reflete de imediato na estabilidade das operações da empresa.
Segue material grátis para identificar e implantar seu ERP sem grande traumas. ebook-10-dicas

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Não seja surpreendido pelo seus Indicadores

Em 2000 fui contratado por uma empresa que comercializava ERP voltada para empresas de grande porte para participar do primeiro projeto de desenvolvimento dos Paínéis Gerenciais.

Depois de 6 meses de planejamento, extração, protótipos e montagem de vários indicadores, fui para nosso primeiro Cliente, onde definimos que a área Financeira seria o nosso grande piloto.

Com os primeiros indicadores extraídos da base oficial do Cliente, fui para a apresentação com o corpo diretivo e gerencial. Após a analise dos primeiros indicadores fui surpreendido com vários comentários que colocavam sobre suspeita os dados que apresentei, onde vários gerentes trabalhavam com diversas planilhas de uso exclusivo.
Para o fechamento da etapa e por todos concordarem que a ferramenta seria de grande utilidade para melhoria da Gestão Empresarial, montamos uma Força Tarefa para depurarmos os dados e refazer os indicadores.
Após algumas semanas de trabalho, traçamos varias ações para melhoria dos dados e editamos novos procedimentos internos para uso das rotinas administrativas ligadas aos indicadores.

De volta a nossa empresa, revisamos a nossa expectativa de custos que era de baixo investimento, para uma atividade que se mostrou onerosa e com a necessidade de um planejamento adequado.

Para você que não quer ser surpreendido pelo seus Indicadores, relaciono alguns passos para uma implantação sem grandes traumas.
1) Planeje seus Painéis Gerencias tendo como base os dados do seu ERP;
2) Revise seus procedimentos internos para as rotinas que darão sustentação aos seus Painéis;
3) Elimine as fontes de dados paralelas;
4) Monte agendas com as Gerencias envolvidas, para validação dos indicadores até a aprovação da ferramenta.

Parabéns, seus Indicadores/DASHBOARD está pronto para ser consumido, boa Gestão.

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP 
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533