segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Seu ERP está preparado para a LGPD

A LGPD trata da coleta, armazenamento e do tratamento dos dados pessoais dos consumidores, dos fornecedores e dos colaboradores da empresa. A lei visa proteger estas informações. Assim, utilizar um sistema de gestão integrado é essencial para se adequar à nova legislação.

Seu ERP está pronto para atender os requisitos?

Os sistemas ERP necessitam guardar dados pessoais, como nome, endereços, e-mails  etc., de fornecedores, clientes e colaboradores. 

O ERP terá que desenvolver mecanismos para conseguir o consentimento das pessoas, além de permitir que elas tenham acesso às informações que forneceram e que as apaguem quando quiserem. Por isso, é importante criar protocolos integrados para solicitar os dados, informando como será o seu uso e pedindo permissão para tanto.



Muitos serão os impactos da LGPD nas empresas, o que resultará no aumento dos controles e uma nova forma de disponibilizar os dados armazenados, para garantir que  não ocorra o vazamento do que está sendo acessado pelos seus funcionários.

Nesse caso, devem ser definidos os responsáveis para ter acesso a esses dados. Estabelecer filtros para  garantir que apenas pessoas autorizadas consigam consultá-los e controlar a exportação destes dados.

A integração com sistemas externos, exemplo e-commerce também devem ser tratados de tal forma que seja garantido o sigilo das informações adicionais como cartão de crédito etc.  

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 

+55(11) 94775-7533

terça-feira, 4 de agosto de 2020

PROBLEMAS QUE UM SISTEMA ERP DEVE RESOLVER


Quando você resolve contratar um ERP é para gerenciar tarefas simples e mais complexas do dia a dia, como por exemplo: controle de estoque, contas a pagar e receber, processos fiscais, conciliações e muitos outros, padronizando e automatizando processos que otimizem o fluxo de trabalho. Pensando nisso, listo alguns problemas que a empresa resolve contratando um sistema ERP:


1) Descentralização dos meios de pagamentos e recebimentos.
A centralização dos meios de pagamentos e recebimento é uma das vantagens de contratar um sistema de ERP para gerenciar processos internos da empresa, pois com ele é possível fazer o controle de recebíveis e  a pagar, além de permitir uma controle dos inadimplentes.

 
2) Saldo dos itens de Estoque desatualizados.
Um dos problemas que mais afetam a gestão de estoque é a Acuracidade de estoque. O ERP é dotado de funcionalidades que ajudam a controlar as entradas e saídas dos produtos e garante a alta performance nas operações facilitando o dia a dia das operações e aumentando a eficiência operacional da empresa.

 
 3) Processos com pouca Produtividade
Toda empresa está suscetível a erros, principalmente se os processos forem manuais e o fluxo de trabalho não for padronizado. Todas essas questões são facilmente resolvidas por um ERP, pois a automatização de processos garante mais rapidez nas tarefas diárias e ainda aumenta a produtividade da equipe.

 
4) Fluxo de caixa desatualizado
Entre diversos processos, entrada e saída de vendas, entrada de compra o Gestor corre risco de não gerenciar corretamente todos esses aspectos. Um ERP pode manter o fluxo de caixa organizado e sempre atualizado, pois possui funcionalidade necessárias para manter o controle financeiro e garantir mais segurança econômica para a empresa.


5) Não conhecer o Custo da sua operação
Uma empresa que não consegue gerir corretamente seus custos coloca em risco o futuro de toda a organização. Um sistema ERP auxilia no controle dos custos monitorando os diversos departamentos da empresa e seu custeio, facilitando a análise Gerencial.

6) Dificuldade em obter as informações para a tomada de decisão.
Uma empresa trabalha com milhares de dados por dia e não centralizar as informações pode acarretar diversos problemas para a organização. Com um sistema ERP as informações são centralizados em um servidor, aumentando a segurança das informações e assertividade no processo de tomada das decisões.

 

Não é da noite para o dia que se adota um sistema ERP ou qualquer outra tecnologia que facilite a rotina empresarial, porém é necessário entender os benefícios que essas ferramentas proporcionam para manter a empresa financeiramente sustentável. O ideal é a empresa se adequar aos poucos as novidades tecnológicas e sempre respeitar o ritmo da sua operação, mas sem deixar de se atualizar senão acabará ficando com processos obsoletos e engessados perdendo participação no mercado.


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

quarta-feira, 13 de maio de 2020

ERP para transformação digital das pequenas e médias empresas brasileiras

Investir em inovação tecnológica empresarial é essencial para as pequenas e médias empresas sustentarem as operações e se diferenciarem no novo cenário econômico.

Evitar a perda de dados e processos repetitivos, que muitas vezes dependem de investimentos extras, especialmente em períodos com maiores desafios econômicos. A busca pela eficiência do negócio passa pela adoção de um ERP como ferramenta de gestão e controle é fundamental.

O investimento em um ERP pode diferenciar uma gestão de sucesso, com definição dos objetivos e dos resultados esperados para agilizar os métodos empresariais e estabelecer uma comunicação entre os diversos setores departamentais. Com as informações empresariais consolidadas em um único sistema, facilita a análise dos processos e detecção de falhas de gerenciamento, sendo possível corrigi-los em tempo real, por meio digital.

A adoção de um ERP moderno pelas pequenas e médias empresas contribui para a melhor prática de gestão dos negócios e para sobreviverem de forma organizada e sustentável.



Hoje, já existem no mercado diversas opções de soluções para a empresas de diversos tamanhos e segmentos, em especial, as pequenas e médias empresas, que pretendem manter uma operação sustentável e crescer em seu mercado de atuação. São softwares modulares, com implementação remota e que atendem com eficiência diversos setores da indústria.

A eficácia nos processos empresariais, as informações sobre desempenho organizacional e o demonstrativo de resultados facilita a forma de como o gestor toma as suas decisões e cria oportunidades para a empresa se tornar mais ágil e competitiva. 


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do blog do Gestor ERP
Product Owner na MPC Sistemas
+55(11) 94775-7533


quarta-feira, 29 de abril de 2020

A importância do Faturamento

Uma empresa que não quer ter problemas com a legislação brasileira sempre procura cumprir com suas obrigações. Uma delas é regularizar a entrada e saída dos produtos/serviços por meio de documentos fiscais. Assim, é preciso contar com um ERP com módulo Faturamento para que tudo seja feito de forma automatizada e correta. 



Sabemos que gerenciar essas notas não é uma tarefa fácil, pois existem muitos dados para serem preenchidos simultaneamente. Por isso, um bom sistema integrado ajuda, e muito, no atendimento das necessidades de um negócio.  


O que é o módulo Faturamento? 

Um dos módulos mais utilizados em um ERP é o de faturamento, que visa, sobretudo, reunir em uma única plataforma as informações do quanto foi faturado em cada uma das mercadorias. 

Além disso, esse módulo controla e gerencia as notas fiscais das negociações empresariais e a movimentação do que sai do estoque. E não só isso. O módulo consegue realizar a classificação fiscal e contábil das operações concluídas. 

Assim, há uma economia de tempo operacional, pois há menos retrabalho quanto às mercadorias movimentadas no estoque e contas a receber. Isso porque é viável fazer uma programação de faturamento com as informações fornecidas no sistema. 


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 

+55(11) 94775-7533

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Como anda a inadimplência da sua Empresa?

Os brasileiros são acostumados a lidar com a inadimplência, principalmente em épocas de crises econômicas. Seja por traços culturais ou pela má organização do setor financeiro no Brasil, o fato é que a diminuição das dívidas é um dos maiores desafios no país. 
Tanto os consumidores quanto as empresas estão sempre em busca de estratégias para evitar o prejuízo. 
A vantagem é que o brasileiro tem a capacidade de fazer bons acordos facilmente. E o diálogo e a abordagem são essenciais para que tudo seja resolvido sem precisar apelar à justiça. Por isso, adote funcionalidades dentro de seu ERP para lembrar aos seus Clientes o vencimento de um titulo e se ele continua em aberto na sua posição financeira. Segue algumas regras para operacionalizar esta funcionalidade:
1)Mantenha a lista de e-mails atualizada;
2)Mantenha em dia suas baixas dos títulos em aberto;
3)Solicito ao seu desenvolver de ERP para disparar e-mails para seus clientes, lembrando o vencimento do título e se ele se encontra em aberto.
4)Ofereça canais de atendimento para negociação e pagamento imediatos.

Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo

Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 
+55(11) 94775-7533

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

A importância de um PCP


O desempenho da produção é um dos fatores de maior impacto nos resultados de qualquer empresa. Consequentemente, otimizar a produção é parte da rotina de qualquer gestor, principalmente em tempo de forte concorrência no mercado. Nesse sentido, um bom planejamento e controle da produção (PCP) é um grande diferencial.
Ainda assim, é comum se deparar com certas dúvidas. Afinal, como funciona o PCP? Quais são suas etapas? Vale mesmo a pena trabalhar dessa forma? Como posso garantir resultados melhores com ele?
A empresa que adota uma ferramenta de planejamento e controle da produção, apresenta resultados finais mais atrativos.
Por quê? Basicamente, porque consegue identificar melhor os pontos fortes e fracos da produção e da logística, atacando os problemas conforme sua ordem de prioridade.
Mais integração entre os setores de produção e vendas

O departamento da produção precisa estar interligado a toda a empresa, especialmente com vendas. Afinal de contas, de nada adianta o vendedor fechar uma venda se o produto não estiver disponível!.
Adotando o processo de planejamento e controle, em conjunto com uma ferramenta de software ágil e de fácil manuseio, sabe-se exatamente como administrar todas as fases de produção até a entrega ao Clientes 


Obrigado e não se esqueça de deixar seus comentários abaixo
Maurilio Travensollo
Consultor ERP
autor do Blog Gestor ERP e
Product Owner na MPC Sistemas 
+55 (11) 94775-7533